2 de abr de 2007

Em memória

Começo hoje a publicação deste poema pascal em várias partes.

Em memória

I

Chegamos perto de Betfagé e de Betânia
Chegamos perto
Do monte das Oliveiras chegamos perto
Trazei a mim um jumentinho
Trazei ao Senhor
O Senhor o quer
Soltamos o jumentinho
Levamos ao Senhor
O Senhor o quer

Entra o Senhor na Cidade
Entra o Servo-Rei
Entra o Senhor na Cidade
Estendemos nossos vestidos
Pelo seu caminho
Bendito o Rei
Que vem em nome do Senhor!
Paz no céu, paz no céu!
Glória a Deus!

Repreende, ó Mestre
Repreende teus discípulos
Se estes se calam, as pedras clamam
As pedras clamam
Chora por ela o Mestre
Chora pela Cidade
Se ela conhecesse a paz que lhe pertence
Derribarão a ti e a teus filhos
Não deixarão pedra sobre pedra

Nenhum comentário: